FÃ CLUBE POTTERMANIACOS BRASIL! || [ANO 2] A Magia Nunca Acaba Para Nós!
quarta-feira, 6 de abril de 2011

PostHeaderIcon Produtor detalha o final de Harry Potter!



Bastaram 7 filmes para que “Harry Potter” ultrapassasse os 22 longas do agente “007″ no posto de franquia cinematográfica mais bem-sucedida de todos os tempos. Foram mais de US$ 6 bilhões de arrecadação nas bilheterias mundiais. E agora, com a estreia do oitavo e último volume da saga em 15 de julho deste ano, esse recorde vai ser ampliado ainda mais.
Com a divisão do último livro de J.K. Rowling, “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, em dois filmes diferentes, os produtores David Heyman e David Barron agradaram aos fãs que pediam mais fidelidade nas adaptações, ao mesmo tempo, em que dobraram o sucesso nas bilheterias. Ambos os produtores estão em Nova York para a inauguração de uma exposição sobre os filmes no Discovery Center, na Times Square. Eles também aproveitam para divulgar o lançamento do DVD e Blu-ray de “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1″.

Embora Daniel Radcliffe, o Harry Potter, esteja na cidade estrelando o musical da Broadway “How to Succeed in Business Without Really Trying”, nem ele, nem os co-protagonistas Rupert Grint e Emma Watson (Rony e Hermione, respectivamente), participaram do evento. Em compensação, compareceram Michael Gambon (Dumbledore), Robbie Coltrane (Hagrid) e Helen McCrory (Narcisa Malfoy), além vários membros da família Weasley – Bonnie Wright (Gina), James e Oliver Phelps (Fred e George), Mark Williams (Arthur) e Domhnall Gleeson (Gui).
Foi o produtor David Heyman, porém, quem adiantou as novidades sobre o último filme da franquia. Durante uma entrevista coletiva com a imprensa, ele discutiu as cenas finais e prometeram, entre outras coisas, uma aventura grandiosa. Afinal, chegou a hora da aguardada batalha decisiva, um acontecimento antecipado por todos os filmes anteriores – em especial, pela primeira parte de “As Relíquias da Morte”.

A “Parte 2″, dirigida pelo mesmo David Yates dos três últimos longas, deve servir tanto como um apanhado quanto uma apoteose da franquia. “[O filme] tem mais ação que a primeira parte e está cheio de aventura, mas é pouco convencional na maneira em que o espectador se encontra percorrendo boa parte das lembranças dos protagonistas”, afirmou Heyman.
Segundo o produtor, a filmagem da batalha final foi extremamente trabalhosa, pois exigiu que cenários inteiros fossem destruídos e reconstruídos novamente, em função do cronograma não-linear. A disputa entre as forças do bem e do mal chegará até Hogwarts, o castelo que era tido como fortaleza nos volumes anteriores.
A última cena gravada, no entanto, não foi propriamente o desfecho, mas uma sequência aleatória. “O último dia foi cheio de emoções. Ao longo de dez anos, tínhamos criado uma família que agora se separa”, disse Heyman.

O produtor também garantiu que os fãs vão ficar satisfeitos e surpresos com o capítulo final. Algumas dessas surpresas ele se recusou a adiantar. Mas vários pontos importantes da resolução da trama foram discutidos, e serão abordados nesse texto. Aqueles que não leram os livros ou não quiserem saber como determinados aspectos serão abordados ficam aconselhados a abandonar a leitura por aqui.
Em relação às passagens que foram cortadas ou adicionadas, Heyman atesta que “há muitas coisas levemente diferentes do livro, mas fiéis em espírito”.
A grande catarse – que acontece no Além, com a aparição do falecido professor Dumbledore na estação King’s Cross – será integralmente preservada. A criatura sem forma em que a alma de Voldemort é reduzida também será introduzida nessa cena, que deve ser carregada com voltagem emocional.

O flashback que humaniza o dúbio professor Snape, que acontecerá através de um despejo de memórias no objeto mágico Penseira, também será mantido. “Se tivéssemos feito somente um filme, teríamos perdido a sequência de Snape”, garantiu o produtor. Ele se esquiva, aí, da denúncia de que divisão da trama em dois filmes avulsos teria sido uma jogada comercial, ao invés de uma solução artística.
Sobre as soluções que já diferiram do livro, como o destino do traidor Pedro Pettigrew, que se estrangula numa passagem que foi desperdiçada em “Relíquias da Morte – Parte 1″, os produtores comentam que, às vezes, é inviável filmar certas sequências que funcionaram no papel. “Coisas assim não se traduzem tão bem quando o filme está se desenvolvendo”, explica. Pettigrew não deve reaparecer no último filme ou ter uma morte por outros meios.
“Falamos com Jo [apelido pessoal da autora J.K. Rowling] sobre isso e ela realmente entendeu”, garante David Barron. A benção da escritora, aliás, sempre foi crucial para a adaptação da saga – tanto que ela passou a ser creditada como produtora nos dois últimos filmes.
Tão complicada quanto as sequências de destruição parece ter sido o epílogo, que se passa quase duas décadas após a batalha final e reúne os principais sobreviventes. A cena teve de ser refeita por vários motivos. Primeiro, pela maquiagem, que deveria envelhecer os protagonistas e, à princípio, não soava convincente. Novos testes de maquiagem e um tantinho de efeitos digitais se fizeram necessários (e a quantidade de efeitos foi maneirada, já que, de acordo com Heyman, “quando se tenta demais, fica-se evidente o trabalho”).

Outro problema foi gerado pelas filmagens em locação na estação King’s Cross, que limitavam o acesso da equipe e distraíam os atores-mirins escalados como filhos dos personagens. “As criancinhas eram dispersadas pelo barulho dos trens e os anúncios”, comentou Heyman. “Quando nós refilmamos, trouxemos os trens para o estúdio e preenchemos a estação digitalmente. Ficou muito bonito”.
Como Heyman é, ele próprio, fã de “Harry Potter”, está acostumado a ser um crítico do próprio trabalho. “Estou ciente de tudo o que há de errado com todos os filmes, por mais que eu me orgulhe deles”, disse. “Nem os fãs são mais duros que nós. Eles ponderam ‘Vocês deixaram isso e aquilo de fora’, mas nós sabemos os motivos para cada uma dessas decisões”.
LEIA MAIS, CLIQUE AQUI

0 comentários:

Postar um comentário

Guia de Madame Pince!